ESPECIAL  
Abrinq estima crescimento superior a 10%, com vendas projetadas para o Dia das Crianças e Natal
A previsão é do presidente da Abrinq - Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos, Synésio Batista da Costa, que calcula em 10% o crescimento da indústria este ano

Com a transferência de pedidos de brinquedos importados para a indústria nacional, o desempenho da indústria nacional registrado nos últimos anos deve se manter, prevê o presidente da Abrinq, Synésio Batista da Costa. No ano passado, o faturamento total da indústria (preço varejo) foi de R$ 6.018.700,00, sendo que a produção nacional atingiu R$ 3.465.600,00. Crescimento de 7% em relação a 2015.
"As encomendas para o Dia da Criança e Natal dão sinais de que a indústria nacional vai continuar avançando", constata o presidente da Abrinq. Segundo ele, os preços dos brinquedos estão estagnados, e que cerca de 60% da oferta está na faixa de R$ 50,00. "A indústria está apostando no aumento do consumo per capita."
Para o Dia das Crianças mais de 1 mil novos brinquedos estão chegando às lojas, contribuindo para a animação do mercado. A economia dá ligeiros sinais de reação, e a indústria do brinquedo registrou no primeiro semestre do ano crescimento 2,5% acima do mesmo período em 2015. De acordo com o presidente da Abrinq, o mercado nacional do brinquedo deve movimentar este ano perto de R$ 9 bilhões no varejo, e as vendas da Semana da Criança podem representar 35% desse total.
Dados da entidade mostram que as vendas de brinquedos com valores acima de R$ 100,00 reduziram sua participação nas vendas, de 19,9% em 2008 para 13,5% ano passado. As vendas de brinquedos registraram crescimento nas faixas de preços entre R$ 51,00 e R$ 100,00 (de 14,1% em 2008 para 18% em 2015) e de R$ 31,00 a R$ 50,00 (de 19,5% em 2008 para 23% em 2015).
No ano passado, a renda total da indústria do setor de brinquedos foi de R$ 6 milhões, sendo que a apenas a produção nacional rendeu R$ 3,4 milhões. Esses valores mostram um aumento de 7% em relação ao ano de 2015. O presidente da Abrinq diz que em mais quatro anos a produção nacional deverá atingir 70% do mercado.
O levantamento mostra que o Estado de São Paulo é considerado o maior mercado para a indústria de brinquedos no Brasil, com 33% das vendas. Logo em seguida vem a cidade do Rio de Janeiro (9,8%), depois Minas Gerais (8,3%), Santa Catarina (6,6%) e Paraná (6%). Os dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos são referentes às vendas de 2016.
Ainda de acordo com a pesquisa realizada pela Abrinq, a maior parte das crianças ainda preferem brincar com bonecas e bonecos, ocupando o primeiro lugar na escolha, com 18,7%. Segundo a estatística estes brinquedos foram as principais vendas no ano passado. Em seguida, a venda dos carrinhos, com 15,1%, a venda de patins, patinetes e veículos a bateria, com 12%, e os brinquedos que reproduzem o mundo real com 10,2% das vendas.

VENDAS POR LINHAS E CANAIS

LINHA DE BRINQUEDOS
2016
Veículos (carrinhos, motos, pistas)
15,1%
Reprodução Mundo Real (jogos de panela, móveis, kit mecânico)
10,2%
Blocos de Construção (encaixe para montagem de estruturas)
3,6%
Bonecas e Bonecos em geral e seus acessórios
18,7%
Puericultura (mordedores, chocalho, móbile)
6,1%
Jogos (tabuleiro, cartas, figuras, memória)
8,9%
Pelúcia
4,1%
Madeira
3,6%
Eletrônicos e áudio-visuais (tablets e laptops de brinquedo, perguntas e respostas, videogames)
4,2%
Esportivo (patins, patinete, triciclo e veículos a pedal ou elétricos, bicicletas, lançadores de água)
12,0%
Fantasias (roupas de personagens ou mitos, acessórios como unha postiça, maquiagem de brinquedo, aplique de cabelo)
1,4%
Outros
12,0%
TOTAL
100%

VENDAS POR CANAIS
2016
a) magazines
16,8%
b) autosserviço (supermercados, etc)
8,8%
c) especializados
33,2%
d) atacadistas
20,8%
e) internet
20,5%
TOTAL
100%

VENDAS POR SEGMENTO
2016
Desenvolvimento Afetivo
19,4%
Primeira idade
16,1%
Mundo Técnico
11,0%
Atividades Físicas
6,5%
Atividades Intelectuais
16,8%
Criatividade
9,3%
Relações Sociais
20,9%
TOTAL
100%

Veja os lançamentos para o Dia das Crianças:
- Bonecas e Bonecos em Geral e Seus Acessórios
- Veículos (Carrinhos, Motos, Pistas)
- Reprodução do Mundo Real
- Blocos de Construção
- Puericultura
- Jogos
- Pelúcia
- Madeira
- Playground e Tocas (outros)
- Eletrônicos e Áudio Visuais
- Esportivo
- Fantasias
- Art Brink
- Cotiplás


 

 
1997-2017 Editora Quatro Estações - Todos os Direitos Reservados